Formula Negocio Online

Candidato a delator do escritório do crime desiste após morte de miliciano | VEJA

Edson Alves
Escrito por Edson Alves em Fevereiro 14, 2020
Candidato a delator do escritório do crime desiste após morte de miliciano | VEJA
Junte-se a mais de X pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Um miliciano do círculo de amigos de Adriano da Nóbrega — morto nesta semana pela polícia da Bahia — contratou há alguns meses um conhecido advogado no Rio para negociar um acordo de delação premiada.

Ele prometia entregar áudios de WhatsApp, mensagens de celular e outras provas de sua relação com gente importante da política no Rio.

A morte de Adriano, porém, fez tudo parar justamente na parte em que o candidato a delator começaria a produzir um resumo de fatos a serem oferecidos pelo advogado ao Ministério Público Federal.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/delator-do-escritorio-do-crime-desiste-apos-morte-de-miliciano__trashed

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *